Arquivo anual 2017

Bolsa de Especialização Médica

Área: 01 (uma) vaga para área de Hemoterapia

Inscrições: Gerência de RH

De 03/07/2017 a 14/07/2017 – 08h00 às 12h00

Exigências:

  1. Graduação em Medicina – Residência em Hematologia/Hemoterapia ou Hematologia/Oncologia Pediátrica;
  2. “Curriculum Vitae”, com cópia dos comprovantes;
  3. 01 (uma) foto 3×4 recente;
  4. Carteira de Registro Profissional (CRM) ou protocolo de solicitação de inscrição;
  5. Documentos pessoais para preenchimento da ficha de inscrição;
  6. O candidato não poderá ter vínculo empregatício;
  7. Período integral com escala de revezamento, incluindo finais de semana e feriados.

Duração:

A Bolsa terá validade de 01 ano podendo ser prorrogada a critério da Diretoria, com início a partir de: 07/08/17.

Bolsa de Estudos:

Além do treinamento especializado de aperfeiçoamento, o bolsista terá direito, mensalmente, a uma Bolsa de Estudos com valor a ser fixado pela FUNDHERP.

Rua Tenente Catão Roxo, 2501 – Ribeirão Preto – (16) 2101 – 9327

Compartilhe:

MS lança campanha 2017

No Brasil, cerca de 3,5 milhões de pessoas realizam transfusão de sangue.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   

Ao todo, existem no país 27 hemocentros coordenadores e 500 serviços de coleta. Atualmente, 1,8% da população brasileira doa sangue. Embora o percentual fique dentro dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) – de pelo menos 1% da população – o Ministério da Saúde tem trabalhado para aumentar a taxa.

“O sangue é insubstituível. Ainda não existe nenhum tipo de medicamento que possa substituir o sangue. E quem precisa, só consegue graças à generosidade de quem doa. O importante é doar regularmente, pois com o frio e a seca, a tendência é diminuir os estoques”, explicou o coordenador da área de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, Flávio Vormittag.

A expectativa para este ano é reforçar a importância dessa atitude. Para isso, a campanha, que começa a ser veiculada a partir desta quarta-feira (14), contará com jingle, vídeo e peças para redes sociais, além da distribuição de material gráfico nos estabelecimentos de saúde de todo país. 

“A campanha publicitária é de grande relevância, pois é preciso lembrar que sempre há uma vida para salvar. Nestes 27 anos que frequento o hemocentro tenho sido recebido com sorriso. O acolhimento é muito gratificante para quem doa um minutinho do seu tempo para salvar alguém”, disse o doador brasiliense Hélio Fonseca, que acumula mais de cem doações no hemocentro. 

BAIXA NOS ESTOQUES – No mês de junho, o Ministério da Saúde vem identificando uma modificação da rotina dos doadores de sangue, em decorrência das proximidades com as férias escolares, dos feriados de São João e mudança de estação. Tudo isso tem ocasionado uma baixa nos estoques de sangue no Brasil. A campanha visa uma mudança desse cenário, incentivado e fortalecendo a doação de sangue no país.

O perfil dos doadores de sangue se mantém estável ao longo dos últimos anos. Do total de doadores, 60% são do sexo masculino e 40% do sexo feminino. O maior percentual está na faixa etária a partir dos 29 anos, com 58% do total dos doadores, enquanto as pessoas de 16 a 29 anos representam 42%.

CONDIÇÕES PARA DOAR – No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores de 18 anos é necessário o consentimento dos responsáveis e, entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos. Além disso, é preciso pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde. O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum. No dia, é imprescindível levar documento de identidade com foto.

A frequência máxima é de quatro doações anuais para o homem e de três doações anuais para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

A doação é 100% voluntária e beneficia qualquer pessoa, independente de parentesco com o doador. É importante lembrar que o sangue é essencial para os atendimentos de urgência, realização de cirurgias de grande porte e tratamento de pessoas com doenças crônicas, como a Doença Falciforme e a Talassemia, além de doenças oncológicas variadas que, frequentemente, necessitam de transfusão.

REFERÊNCIA – O Brasil é referência em doação de sangue na América Latina, Caribe e África. Desde 2009, a experiência brasileira é utilizada em cooperações técnicas com mais de 10 países para o fortalecimento e desenvolvimento da promoção da doação voluntária de sangue, qualificação da atenção integral à pessoa com Doença Falciforme e aperfeiçoamento da produção de hemocomponentes. Honduras, El Salvador e República Dominicana são exemplos de parceiros em projetos para o fortalecimento da doação voluntária de sangue.

Em 2016, o Ministério da Saúde, investiu mais de R$ 1 bilhão na rede de sangue e hemoderivados (hemorrede). Os recursos foram destinados ao fortalecimento da rede nacional do SUS para a modernização das unidades, qualificação dos profissionais e processos de produção da Hemorrede, além do fornecimento de medicamentos de alto custo a pacientes. Os investimentos incluem ainda a qualificação dos programas de atenção integral à pessoa com Doença Falciforme e aperfeiçoamento da produção de hemocomponentes.

Por Rebeca Valois, da Agência Saúde 
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580 / 2351

http://portalsaude.saude.gov.br

http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/cidadao/principal/agencia-saude/28742-ministerio-da-saude-lanca-campanha-para-incentivar-doacao-regular-de-sangue

http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/doesangue

Compartilhe:

2ª Noite dos Doadores

Chegou a segunda edição do Noite dos Doadores!

Agora você tem mais uma oportunidade para doar sangue.
Abriremos as portas no dia 27 de junho das 18 às 21 horas no Hemocentro Campus.

Rua Tenente Catão Roxo, nº 2501 – Bairro Monte Alegre
(Entrada pela rua Prof. Hélio Lourenço. Ver no Google Mapas.)

Com participação especial do Food Truck Ribeirão, com preços especiais.

Critérios básicos para doação:

• Portar documento oficial com foto, RG ou CNH;
• Ter entre 18 e 69 anos 11 meses e 29 dias;
• Estar com boa saúde, sem feridas ou machucados pelo corpo;
• Pesar mais de 50 kg (homens) e 51 kg (mulheres);
• Evitar o jejum e a ingestão de alimentos gordurosos;
• Ingerir bastante líquido antes da doação.

 

Compartilhe:

1ª Noite dos Doadores

O Hemocentro precisa de você!

Por isso, criamos mais uma oportunidade para receber sua doação de sangue.
Excepcionalmente no dia 13 de junho abriremos as portas das 18 às 21 horas no Hemocentro Campus.

Com participação especial do Food Truck Ribeirão, com preços especiais.

Critérios básicos para doação:

• Portar documento oficial com foto, RG ou CNH;
• Ter entre 18 e 69 anos 11 meses e 29 dias;
• Estar com boa saúde, sem feridas ou machucados pelo corpo;
• Pesar mais de 50 kg (homens) e 51 kg (mulheres);
• Evitar o jejum e a ingestão de alimentos gordurosos;
• Ingerir bastante liquído antes da doação.

Compartilhe:

Inscrições abertas para pós-graduação

Estão abertas, até 31 de outubro, as inscrições para os programas de pós-graduação em Biotecnologia e de Oncologia Clínica, Células-Tronco e Terapia Celular, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

A seleção é composta por prova dissertativa e análise curricular. Serão disponibilizadas cinco vagas de mestrado profissional para área de Biotecnologia, oito vagas para o mestrado e doutorado na área de Diferenciação Celular Normal e Neoplásica e oito vagas para área de Células-Tronco e Terapia Celular.

O curso de Biotecnologia abrange conceitos básicos, estudo e desenvolvimento de processos e produtos biotecnológicos, além da compreensão dos fundamentos de bioinformática usados na rotina de um laboratório de Biologia Molecular.

O Programa em Oncologia Clínica, Células-Tronco e Terapia Celular busca a formação de profissionais para atuar tanto no campo acadêmico como no setor produtivo e governamental.

As inscrições devem ser feitas pessoalmente das 8 às 17 horas, na Rua Clóvis Vieira, casa 27, no Campus de Ribeirão Preto da USP.

Para mais informações acesse o site http://ceduc.fmrp.usp.br/. Os horários e os locais das etapas do processo seletivo devem ser solicitados pelo e-mail: secretariaceduc@hemocentro.fmrp.usp.br ou pelo telefone (16) 2101-9386.

Compartilhe:

Progresso no tratamento do diabetes tipo 1

Pesquisadores do Centro de Terapia Celular da USP publicam artigo sobre o progresso no tratamento do diabetes tipo 1.                                                             

Os avanços na pesquisa para o tratamento do diabetes tipo 1, conduzida pelo Centro de Terapia Celular (CTC USP), são destaque em reportagem publicada pela Agência FAPESP.

O grupo coordenado pelas pesquisadoras Maria Carolina de Oliveira Rodrigues e Belinda Pinto Simões publicou um artigo na revista Frontiers in Immunology, abordando as investigações realizadas e o desfecho clínico dos 25 pacientes incluídos no estudo.

Confira a reportagem completa.

Site: http://ctcusp.org/
Facebook: facebook.com/ctcusprp
Twitter: @ctc_usp

Compartilhe:

Curso Atualização em Hemoterapia (inscrições encerradas)

Estão abertas as inscrições para o curso de Atualização em Hemoterapia.                                                                             

O curso tem carga horária de 132 horas teórico-práticas para os profissionais que trabalham nas Agências Transfusionais, hospitais públicos e hospitais contratados pelo SUS com o objetivo de suprir a carência de conhecimento desses profissionais, melhorando assim a qualidade dos serviços oferecidos.

O período de inscrições: inscrições encerradas.

As aulas terão início em 02 de junho e serão realizadas uma vez por semana, às sextas-feiras, das 8 às 17 horas no Hemocentro de Ribeirão Preto.

Os documentos necessários para inscrição são:

  1. Requerimento de matrícula (original) Clique aqui para fazer o download.
  2. Cópia simples de:
  • Cédula de identidade (RG) – Não pode ser a CNH ou outro documento;
  • CPF (Cadastro de Pessoa Física);
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Título de eleitor com o comprovante da última eleição;
  • Certificado de reservista (se pertinente);
  • Certificado de conclusão com histórico escolar da Graduação ou do Curso Técnico.

OBS.: Não serão realizadas inscrições com pendências de documentos.

Colocar em um envelope e enviar para:

HEMOCENTRO DE RIBEIRÃO PRETO
Rua Tenente Catão Roxo, 2501 – Monte Alegre.
Ribeirão Preto – SP
CEP: 14051- 140

Aos cuidados de Giovanna Fogagnolo (Gerência de Enfermagem)

 

Compartilhe:

Hemocentro RP

Assistência, ensino e pesquisa a serviço da vida.

Compartilhe:

Igreja Sara Nossa Terra realiza campanha Ribeirão Vermelho

A igreja Sara Nossa Terra organiza, desde primeiro de março, a primeira campanha “Ribeirão Vermelho”.                   

ribeirao-vermelho

O objetivo é gerar na sociedade multiplicadores da causa e abastecer o Hemocentro de

Ribeirão Preto todos os meses de março.

A campanha consiste em que cada doador desafie outras três pessoas a fazerem o mesmo. “O doador vem no Hemocentro tira uma foto com a marca da campanha e posta em sua própria rede social com a #RibeiraoVermelho”, explica Luis Graton.
 
A campanha foi organizada por Renê de Oliveira, um dos líderes do grupo Arena Jovem.

Ribeirao Vermelho_v1-01

Compartilhe:

E vai rolar a festa!

Comece o carnaval fazendo a alegria de alguém!                                                                             

Dúvidas e perguntas frequentes
Onde doar?
Antes de doar
Etapas da doação

Compartilhe: