Arquivo mensal junho 2021

Fachada do Theatro Pedro II será iluminada de vermelho

Objetivo é conscientizar sobre a importância da doação de sangue

A fachada do Theatro Pedro II ficará vermelha de hoje, às 18h, até a próxima terça, 15, para chamar a atenção da população sobre a importância da doação de sangue e ao mesmo tempo homenagear os doadores. Na próxima segunda, 14/06 será comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue.
O evento foi organizado pela primeira vez em 2005, por uma iniciativa conjunta da Organização Mundial da Saúde, da Federação Internacional da Cruz Vermelha e das Sociedades do Crescente Vermelho.

Em Ribeirão Preto, a diretoria da Fundação do Theatro Pedro II aceitou participar da campanha e durante os próximos cinco dias quem passar pelo Centro de Ribeirão Preto vai se lembrar de quem doa sangue, salva vidas. Em 2020, o Hemocentro realizou mais de 112 mil transfusões.

Estoque – Os estoques de sangue, nesta sexta-feira, dos tipos O negativo e O positivo estão abaixo do nível de segurança. O tipo O negativo tem 34 bolsas, quando o ideal são 72. O tipo O positivo tem 176 bolsas, mas o necessário são 341 para atender hospitais da região durante a semana.
Comparação – Nos primeiros cinco meses de 2018, o Hemocentro coletou 14.420 bolsas de sangue. No mesmo período de 2019, houve pequena queda e a Instituição fechou com 14.074. Em 2020, já na pandemia, caiu para 12.955 e este ano houve melhora com 13.297 bolsas coletadas.

Consumidores/ano – O Hospital das Clínicas – unidade Campus – foi o maior consumidor das bolsas de sangue fornecidas pela rede Hemocentro na região. Em 2020, foram 13.506. A Unidade de Emergência foi a segunda instituição em consumo com 7.591 unidades e em terceiro, a Santa Casa de Ribeirão Preto com 5.505.

Doação – O doador deve ter mais de 18 anos, pesar mais de 50 quilos e estar bem de saúde. Basta ir ao Hemocentro – campus usp ou posto de coleta, na rua Quintino Bocaiuva, 470. Se preferir pode agendar pelo 0800.979.6049 ou pelo site hemocentro.fmrp.usp.br

Moradora de Sertãozinho realiza teste para doação de medula óssea

Encontrar alguém compatível para o transplante de medula óssea não é uma tarefa fácil. Mas alguém que não sabemos quem é encontrou uma doadora em Sertãozinho. A engenheira Mariah Ramos Guida Motta veio ao Hemocentro, em 01/06, para fazer mais um teste de compatibilidade.

Ela já é doadora de sangue e, em 2014, resolveu fazer o cadastro de doadora de medula óssea. Se confirmada a compatibilidade, ela doará para um dos 850 pacientes que estão na fila do transplante de medula em todo o país. “Estou muito feliz. Estou torcendo para que de certo”.

Assista a entrevista com Mariah Ramos Guida Motta

Hemocentro procura quem teve COVID-19 para doação de plasma 

O Hemocentro de Ribeirão Preto participa de uma pesquisa que utiliza o plasma de pessoas que se curaram da COVID 19 para tratar pacientes que estão internados.
Ribeirão Preto tem como meta contribuir com 200 bolsas com plasma/covid, mas até o momento apenas 30 doadores vieram até o Hemocentro.
Se você teve covid entre 15 e 60 dias, depois do final dos sintomas, venha até o Hemocentro para doação.

Ligue – 0800.979.6049

O hematologista Benedito de Pina Almeida Prado dá mais detalhes da coleta e da importância.

Assista: https://fb.watch/5Sh_PwGIPn/