Assistência

Acreditação feita pela AABB/ABHH confirma qualidade dos serviços do Hemocentro RP

O Hemocentro de Ribeirão Preto, no campus da USP e o posto de coleta, foi mais uma vez acreditado pela Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular ABHH e pela Association for the Advancement of Blood & Biotherapies – AABB que confirmaram a qualidade dos serviços prestados pela Instituição.  

A acreditação seguiu critérios definidos pelos “Padrões para Banco de Sangue e Serviços de Transfusão – 5ª edição – Standards for Blood Banks and Transfusion Services – 33rd edition, e padrões para Serviços de Terapia Celular – 5ª edição – Standards for Cellular Therapy Services 11th edition, acreditado pela AABB/ABHH”.

Completando 20 anos da primeira acreditação do Hemocentro, em 2003, a Instituição comemora essas duas décadas com outra acreditação, agora inédita. Pela primeira vez, a ABHH/AABB realiza a acreditação de um centro de produção de células car-t.

Realizada a cada dois anos, a acreditação garante a qualidade e segurança do sangue, padroniza os procedimentos, garante que a Instituição segue as normas e estimula uma cultura de melhoria contínua, incentivando os bancos de sangue a aprimorar constantemente seus processos, capacitação de pessoal e infraestrutura, como explica a gerente da Gestão da Qualidade do Hemocentro Andrezza Costa.

 

1 – Há quanto é feita essa acreditação?

O Hemocentro de Ribeirão Preto passou pela primeira auditoria para acreditação em Banco de Sangue e Serviços de Transfusão em 2003. Em 2018, obteve a acreditação para Serviços de Terapia Celular, tornando-se o primeiro centro acreditado em células hematopoiéticas.

Em 2023, após a auditoria externa da AABB/ABHH, o Hemocentro conseguiu renovar a acreditação para os serviços já acreditados e, especialmente ao Serviço de Terapia Celular, sendo o primeiro e único centro com a acreditação internacional em células mesenquimais e células Car-T. 

Isso é um marco significativo, destacando o compromisso contínuo com altos padrões de qualidade e excelência nos serviços oferecidos pelo Hemocentro.

 

2 – O que é acreditação?

Acreditação é um processo no qual um órgão atesta a competência técnica de uma instituição ou de uma empresa para a prestação de um serviço, mediante ao atendimento dos requisitos avaliados. 

 

3 – Por que é importante para o Hemocentro ter essa acreditação?

A  importância da acreditação para o Serviço de Hemoterapia e para o Serviço de Terapia Celular são inúmeros, dentre eles:  

– Promover o mais alto padrão no atendimento e segurança para os nossos pacientes e doadores no âmbito de serviços de Hemoterapia e Terapia Celular. 

– Padronização, aperfeiçoamento e segurança nos serviços e produtos oferecidos.

– Incentivo à melhoria contínua dos processos. 

– Torna-se referência nacionalmente e internacional como prestadora de serviços de Hemoterapia e Terapia Celular, mostrando a seus doadores, pacientes, funcionários e a órgãos reguladores que a instituição está comprometida com padrões de qualidade e atendimento.

Acreditação feita pela AABB/ABHH confirma qualidade dos serviços do Hemocentro RP Read More »

Estudo Clínico com células CAR-T recebe R$ 100 milhões de investimento do Ministério da Saúde

Excelente notícia para a continuidade do Estudo Clínico com as células CAR-T! O Ministério da Saúde concedeu R$ 100 milhões para o financiamento da pesquisa que combate a leucemia linfoide aguda de células B e o linfoma não Hodgkin de células B. O apoio será realizado por meio do “Novo Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC-Saúde)”.

O diretor-presidente do Hemocentro de Ribeirão Preto, Prof. Dr. Rodrigo Calado, destacou em entrevista ao Portal G1  – “Este tipo de projeto que coloca ideias científicas na prática, na vida das pessoas, só é possível porque é institucional e reúne grupos com expertises complementares: a USP, por meio da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP), o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (HCFMRP-USP), por meio do seu Hemocentro, e o Instituto Butantan, com sua competência fabril farmacêutica”. O médico também agradeceu a colaboração da FAPESP, do CNPq e da Anvisa no desenvolvimento e aprovação da iniciativa.

Clique aqui e confira a reportagem completa do G1 São Paulo.

📌 Todas as informações sobre o Estudo Clínico de fase 1/2 que vai incluir 81 pacientes, de forma gratuita, podem ser encontradas no site: www.hemocentro.fmrp.usp.br/terapia.

Estudo Clínico com células CAR-T recebe R$ 100 milhões de investimento do Ministério da Saúde Read More »

Estudo aponta que brasileiros com anemia falciforme vivem 37 anos a menos

Uma nova técnica para o tratamento da anemia falciforme, que envolve a edição genética CRISPR-Cas9, repercutiu nas últimas semanas com a liberação no Reino Unido e Estados Unidos. No Brasil, a doença está entre as mais prevalentes e com alta taxa de mortalidade.

Um estudo coordenado pela médica do Hemocentro de Ribeirão Preto, Dra. Ana Cristina Silva Pinto, apontou que a enfermidade é responsável por reduzir a sobrevida em 37 anos em comparação à população geral. A pesquisa foi publicada na revista científica “Blood Advances” e está disponível no link: https://doi.org/10.1182/bloodadvances.2022008938.

A anemia falciforme causa alterações nos glóbulos vermelhos (hemácias), tornando-os parecidos com uma foice. Um dos tratamentos possíveis é o transplante de células-tronco hematopoiéticas (capazes de se diferenciar em todas as células do sangue), retiradas da medula óssea de um doador saudável.

O procedimento foi incluído no rol do Sistema Único de Saúde (SUS), em 2015. Parte das evidências científicas que contribuíram para a incorporação na rede pública foi produzida em trabalhos realizados no CTC-USP, Hemocentro RP e Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP).

Confira a reportagem divulgada na Revista VEJA.

Estudo aponta que brasileiros com anemia falciforme vivem 37 anos a menos Read More »

Aline Oliveira: uma jornada de esperança com a inovadora terapia celular CAR-T

Como forma de apoiar e trazer esperança para os pacientes que estão passando pelo tratamento do câncer, a estudante Aline Luiz Oliveira gravou um depoimento sobre a terapia com as células CAR-T produzidas no Hemocentro de Ribeirão Preto.

Aline foi diagnosticada com leucemia linfoblástica aguda de células B, em 2019. Natural de São Lourenço (MG), a jovem de 26 anos passou pelo tratamento convencional com quimioterapia, realizou o transplante de medula óssea com um doador 100% compatível, mas o câncer resistiu e voltou em 2021. Em fevereiro de 2022, ela recebeu ainda em caráter experimental a infusão das células CAR-T no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP-USP).

Felizmente, Aline teve alta do hospital após 15 dias e voltou à vida normal. Hoje ela viaja com os amigos, pratica exercícios físicos, estuda e trabalha.

Clique aqui e saiba mais a respeito do Estudo Clínico do Hemocentro RP aprovado pela Anvisa e sobre a terapia com células CAR-T.

Aline Oliveira: uma jornada de esperança com a inovadora terapia celular CAR-T Read More »

Troque Seu Like por Doação

Amigos do Hemocentro de Ribeirão Preto, temos uma emocionante novidade para compartilhar com vocês! Estamos lançando a campanha “Troque Seu Like por Doação”. 

Sabemos o quanto as redes sociais fazem parte do nosso dia a dia e o poder que elas têm para disseminar informações importantes. Então, que tal transformar esse poder em algo que pode salvar vidas? No dia 18 de agosto, convidamos todos vocês a trocarem seus likes por uma ação concreta: uma doação de sangue.

Participar é simples:

1. Siga nossas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades e informações sobre a campanha.
2. Marque presença na nossa unidade de doação no dia 18/08 e mostre que você realmente pode fazer a diferença.

Tire suas dúvidas com a Lívia.bot ou ligue 0800 979 6049

Veja nossos endereços no dia:

Hemocentro Sede

Rua Tenente Catão Roxo, nº 2501 – Bairro Monte Alegre (Entrada pela rua Prof. Hélio Lourenço. Ver no Google Mapas.)

Horário de atendimento dia 18/08:
7h às 13h

Posto de Coleta

Rua Quintino Bocaiúva nº 470 – Centro (Ver no Google Mapas)
Telefone: (16) 3610-8929/ 3610-5822

Estacionamentos conveniados:
Guizelini: Rua Floriano Peixoto, 1077 (ver no Google Mapas)
Park Service: Rua Marechal Deodoro, 1192 (ver no Google Mapas)

Horário de atendimento dia 18/08:
7h30 às 11h50 e das 12h50 às 17h30

 

Troque Seu Like por Doação Read More »

Os doadores fenotipados agora têm uma carteirinha especial!

Você sabe o que é fenotipagem?

Fenotipagem é a tipagem para outros sistemas de grupos sanguíneos que não o ABO e Rh que são os mais conhecidos.  Além desses dois, existem outros 42 grupos sanguíneos!

Para a maioria dos pacientes, esses outros grupos sanguíneos não impactam na transfusão, mas para os que recebem transfusões crônicas, como os portadores de anemia falciforme ou os que desenvolveram anticorpos, eles são fundamentais.

A fenotipagem permite reduzir o número de reações transfusionais, prevenindo o aparecimento de anticorpos.

Para atender essa demanda o Hemocentro de Ribeirão Preto realiza a tipagem estendida de alguns doadores para outros grupos sanguíneos, como Kell, Duffy, Kidd e Ss.

A novidade é que agora os doadores fenotipados, como o Marcelo Francisco, receberão esta carteirinha especial com o resultado da sua fenotipagem! O que destaca ainda mais a sua importância neste ato de amor ao próximo.

O Hemocentro está enviando mensagens para os doadores fenotipados, convidando para a doação. Se você é fenotipado e ainda não recebeu a mensagem, venha doar espontaneamente e retire sua carteirinha.

Contamos com todos para nos ajudar a esclarecer a importância deste ato de responsabilidade social.

Os doadores fenotipados agora têm uma carteirinha especial! Read More »

Lei estende atendimento prioritário a autistas, pessoas com mobilidade reduzida e doadores de sangue

Doador de sangue terá que apresentar comprovante com validade de 120 dias para exercer a preferência

A Lei 14.626/23, sancionada sem vetos pelo vice Geraldo Alckmin no exercício da Presidência da República e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (20), estende o direito ao atendimento prioritário para pessoas com transtorno do espectro autista ou com mobilidade reduzida e para doadores de sangue.

A nova norma é oriunda de substitutivo do deputado Kim Kataguiri (União-SP) ao Projeto de Lei 1855/20, do senador Irajá (PSD-TO). O texto, aprovado pela Câmara dos Deputados em maio e pelo Senado em junho, prevê que o doador de sangue terá prioridade após grupos já contemplados pela Lei do Atendimento Prioritário, autistas e pessoas com mobilidade reduzida.

Atualmente, a legislação garante prioridade no atendimento a pessoas com deficiência, idosos a partir dos 60 anos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e pessoas obesas. Com a lei sancionada, o doador de sangue terá que apresentar comprovante com validade de 120 dias para exercer a preferência.

Agora, caso não haja caixas ou guichês ou atendentes específicos, os públicos com prioridade devem ser atendidos imediatamente após a conclusão do atendimento que estiver em andamento, antes de quaisquer outras pessoas.

A nova norma também estabelece a reserva de assentos nos veículos das empresas públicas de transporte e das concessionárias de transporte coletivo para pessoas com transtorno do espectro autista ou com mobilidade reduzida.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Lei estende atendimento prioritário a autistas, pessoas com mobilidade reduzida e doadores de sangue Read More »

Tratamento brasileiro contra câncer registra remissão em 80% dos pacientes

“São pacientes que já passaram por uma, duas linhas de tratamento. Quase todos já se submeteram a transplante de medula e recaíram. São pacientes fora de opção terapêutica, que já estavam em cuidados paliativos.
Nessa população que não respondeu a tratamentos tradicionais, a taxa de remissão tem sido em torno de 80%. Um resultado excepcional”, destacou o Prof. Dr. Dimas Covas, coordenador do CTC-USP e diretor científico do Hemocentro de Ribeirão Preto, sobre o tratamento com a terapia celular CAR-T voltada aos pacientes com leucemia linfoide aguda de células B e linfoma não Hodgkin de células B.
A entrevista foi concedida ao SBT News. Confira a reportagem clicando aqui!

Tratamento brasileiro contra câncer registra remissão em 80% dos pacientes Read More »

Paciente com remissão total de câncer volta para casa

O Sr. Paulo Peregrino já retornou para casa! A excelente notícia foi contada na reportagem do Jornal Hoje, da Rede Globo.

O paciente recebeu o tratamento experimental com a terapia com células CAR-T no combate ao câncer, desenvolvida no Hemocentro de Ribeirão Preto/CTC-USP e realizada em parceria com a USP e o Instituto Butantan.

No segundo semestre, mais de 80 pacientes devem ser tratados com as células CAR-T para o estudo clínico, após autorização da Anvisa. O método tem como alvo dois tipos de cânceres: leucemia linfóide aguda de células B e linfoma não Hodgkin de células B.

A matéria completa também está disponível no Portal G1.

Paciente com remissão total de câncer volta para casa Read More »

Rolar para cima